Especial: A História da TV no Brasil.


Quando tudo começou: A TV chegou ao Brasil em 1950 pelo Assis Chateaubriand, que foi o dono da primeira emissora de televisão do Brasil, da América do Sul e a quarta do mundo, a Rede Tupi. Nos anos 1950 sendo os primeiros anos marcados pela aprendizagem, com improvisos ao vivo (não havia ainda o videotape). Em 22 de novembro as concessões do governo passam a existir. Ganharam as primeiras concessões a TV Tupi, a TV Record, canal 7 de São Paulo e a TV Jornal do Commercio, canal 2 de Recife.

Em 1960: Em 1960 foi quando tudo começou a inovar na TV no Brasil, o videotape enfim chega as emissoras pelo Chico Anysio, permitindo que os erros ao vivo fossem previamente corrigidos, que um programa pudesse ser gravado num horário diferente do horário de sua exibição, e ainda que o mesmo programa pudesse ser reprisado diversas vezes. Nesta mesma década surge a TV Globo Rio de Janeiro, que mais tarde formaria a Rede Globo e logo depois a TV Bandeirantes em 1967 em São Paulo começava as suas transmissões.

Ao vivo e a cores: A Copa do Mundo de 1970, no México, chegou em cores no Brasil. Em outubro de 1970, mergulhada em dívidas, a TV Excelsior encerrava suas atividades. Em 1975, surgia a TV Educativa (TVE), com sede no Rio de Janeiro. Para aumentar as vendas de receptores coloridos a Fábrica Colorado patrocinou reprises de jogos de futebol todas as tardes nas TVs Bandeirantes e Gazeta. Em 1973, a TV Globo veiculou a primeira telenovela em cores da televisão brasileira: O Bem Amado. Com a Copa do Mundo de 1974, a venda de receptores coloridos colocou definitivamente o Brasil no mundo da TV em cores.

Década de 1980: Sílvio Santos lançou o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), em 1981, de programação eminentemente popularesca, cujo carro-chefe durante vários anos foi o programa de auditório dominical apresentado pelo próprio Sílvio Santos. Em 1983, surgiu a Rede Manchete, de propriedade de Bloch, voltada para o público de maior escolaridade e renda.
Em 1981, a Rede Globo ganhou pela primeira vez o Prêmio Emmy Internacional, na categoria Popular Arts, com o especial infantil Vinícius para Criança - A Arca de Noé. No ano seguinte, a emissora recebeu novamente o prêmio, desta vez com o especial Morte e Vida Severina, baseado na obra de João Cabral de Melo Neto.


Década de 1990: Durante os anos 90 a TV brasileira começa a dar mais espaço para desenhos e séries nacionais principalmente as de humor Desenhos animados que fizeram sucesso na década de 90: Thundercats, caverna do Dragão, Smurfs, He- Man, She-Ra, Cavalo de Fogo, X-Men, Cavaleiros do Zodíaco, Pokémon, Tartarugas Ninja, Os Simpsons. Programas de Tv que fizeram sucesso na década de 90: Os Trapalhões, Carga Pesada, Show da Xuxa, TV Colosso, Domingão do Faustão, Rockgol, Casseta e Planeta, Sai de Baixo, Aqui e Agora, Programa do Ratinho, Castelo Rá-tim-bum.


Ano 2000:A televisão no Brasil a partir do ano 2000 sofreu. algumas mudanças, algumas mais significativas outras menos, porém todas importantes, pois diretamente ou indiretamente causaram mudanças nos telespectadores.

Década de 2010: A Rede Globo voltou a ganhar o Prêmio Emmy Internacional em 2011 , com o Jornal Nacional ; em 2012 , com a novela O Astro e o seriado A Mulher Invisível ; e em 2013 , com a novela Lado a Lado . O sucesso da novela Carrossel , em 2012, devolveu temporariamente ao SBT a vice-liderança de audiência, após disputa acirrada com a Rede Record. A Record recuperaria a vice-liderança no ano seguinte.

A chegada da TV Digital: E finalmente o maior avanço, a TV digital. A primeira transmissão digital ocorreu oficialmente em 2 de dezembro de 2007 na cidade de São Paulo. Muito mais do que uma imagem mais limpa, definida e colorida, a TV digital deverá trazer à população brasileira a possibilidade real de interatividade, ou seja, de comunicação em uma via de mão dupla entre telespectador e emissora.

Um comentário :

  1. Gostei melhor do que aquele gestão da Wikipedia parabéns ao Michael, e a todos do infoTV.RJ

    ResponderExcluir

Envie um comentário com a sua opinião, sugestão ou correção. O infoTV.RJ não aceita comentários:

1. Com ofensas e/ou com palavrões;
2. Com assuntos não relacionados ao tema do post;
3. Com propagandas ( spam );
4. Com ofensas a pessoas;
5. Para sua segurança, não coloque dados pessoais no
comentário.

Obrigado, Lorran Matheu.

Copyright © infoTV.RJ | Notícias da TV Digital e Rádio no Rio de Janeiro.. Designed by OddThemes