Aluguel da CNT para Universal começa a ser fiscalizado pelo Governo


Finalmente a justiça abriu seus olhos.

A Rede CNT, que aluga 22 horas de sua programação para a Igreja Universal, começará a ser investigada pelo Governo Federal, segundo o jornal Folha De São Paulo Por determinação da Justiça Federal, o Ministério das Comunicações instaurou quatro procedimentos administrativos para fiscalizar programas da Igreja Universal do Reino de Deus em emissoras de televisão da Rede CNT.

A emissora que é controlada por familiares do ex-presidente do PTB José Carlos Martinez, morto em 2003, segundo o ministério das comunicações estão sendo fiscalizadas quatro emissoras da rede que são as: TV OM de Curitiba; TV OM de Londrina (PR); TV Corcovado, do Rio de Janeiro; e TV Carioba, de Americana (SP).

 Agora o que nos resta é esperar o desenrolar desta história e ver no que vai dar e torcer pra que não acabe em "Pizza" como quase tudo no Brasil.

Um comentário:

  1. Sinceramente, eles deveriam perder a concessão do canal e dar espaço para outra emissora já que não tem conteúdo para colocar no ar, agora eu acredito que só não venderam a emissora para a igreja universal por algum impedimento legal.

    ResponderExcluir

Envie um comentário com a sua opinião, sugestão ou correção. O infoTV.RJ não aceita comentários:

1. Com ofensas e/ou com palavrões;
2. Com assuntos não relacionados ao tema do post;
3. Com propagandas ( spam );
4. Com ofensas a pessoas;
5. Para sua segurança, não coloque dados pessoais no
comentário.

Obrigado, Lorran Matheu.

Tecnologia do Blogger.