Por que a TV Tupi teve seus transmissores lacrados e chegou ao fim!? - Arquivo



Desde a estreia do canal no YouTube do infoTV.RJ, o vídeo mais assistido do canal é um da playlist arquivo que mostra o dia em que a TV Tupi encerrou suas transmissões devido a lacração de seus transmissores. E recentemente analisando os comentários desse vídeo percebi que existe uma dúvida unânime. “Porque os transmissores da TV Tupi foram lacrados!?"

Pode parecer algo simples de explicar, mas o fim da primeira emissora de TV da américa latina não foi tão simples assim. Afinal esse fim ocorreu em meio a ditadura militar brasileira e a TV Tupi sofreu uma “cassação diferenciada” que eu vou explicar daqui a pouco. Mas antes vamos entender os precedentes desse fim tão marcante na história da TV brasileira.




O começo do fim.

Bem antes de ter seu fim oficialmente decretado a TV Tupi já não andava “bem das pernas”, alguns anos antes a emissora começou a atrasar o salário de seus funcionários, e a não pagar direitos de novelas aos seus escritores, os atores envolvidos nas tramas também não recebiam. Em 1979 iniciou-se uma nova greve, a crise chegou a Brasília o que chamou atenção do então presidente João Figueiredo, que se prontificou a receber os sindicatos dos setores envolvidos.

Porém a greve seguiu até 1980 quando a emissora encerrou o seu núcleo de teledramaturgia dispensando mais de 250 funcionários do setor, e interrompendo as tramas "Drácula, Uma História de Amor" com apenas 4 capítulos e "Como salvar meu casamento" faltando apenas 20 capítulos para seu desfecho. Para substituir “Drácula, uma História de Amor”, foi colocada a reprise da novela Éramos Seis, e em substituição à “Como Salvar Meu Casamento”, foi colocada a reprise de “A Viagem”.

Além desses precedentes outros fatos serviram como acréscimo para esse fim, em 1978 um incêndio atingiu a sede da emissora que além de tira-la do ar por alguns minutos destruiu os novos equipamentos adquiridos pela emissora no mesmo ano. Ainda em 1978 a emissora iniciou a construção de sua nova antena que seria a maior torre de TV da América do Sul, porém a obra não foi concluída, sendo finalizada pelo SBT poucos anos depois. Mas agora que vimos o que antecedeu, vamos entender o fato.


O que diz a história! [Grafismo]

Em 16 julho de 1980 a emissora foi notificada que 7 de suas 10 concessões foram declaradas peremptas, esse termo significa “não renovável”. Essa decisão foi tomada pelo governo federal e publicada no Diário oficial no dia seguinte. Pouco antes da meia-noite do dia 18 de julho, três engenheiros do Departamento Nacional de Telecomunicações (atual Anatel) subiram ao décimo andar da sede da emissora em São Paulo e lacraram os transmissores da emissora. Com isso saiam do ar também a TV Tupi do Rio, a TV Itacolomi de Belo Horizonte, a TV Marajoara de Belém, a TV Piratini de Porto Alegre, a TV Ceará de Fortaleza, e a TV Rádio Clube de Recife.





Mas qual foi o motivo disso!? Você se lembra que eu falei da cassação diferenciada? Então os motivos da cassação variaram para cada uma das afiliadas, mas foram apontados problemas financeiros e administrativos, e dívidas com a Previdência Social, como justificativas principais. Foi o então presidente Figueiredo quem assinou o decreto que extinguiu a primeira emissora de televisão da América Latina, fundada pelo empresário Assis Chateaubriand, criador dos Diários Associados.

Mas haviam emissoras notificadas que não estavam em falta com a lei como revelou em 1990 o ator Walter Foster para o programa Insert Show da TV Gazeta apresentado pelo radialista e videomaker Eduardo Thadeu.




Esse fato levanta muitas suspeitas em relação ao fim da emissora, afinal se estava tudo correto com essas emissoras por que elas foram tiradas do ar, isso não seria uma espécie de golpe? E se realmente foi um golpe, qual seria o motivo para que isso ocorresse?


O que se especula.

É inegável que o encerramento das transmissões da TV Tupi marcou não só a história brasileira, mas também a história de toda TV mundial, e pelo fato de haverem brechas no processo que culminou o fim da emissora, foi aberto espaço para infinitas teorias e especulações sobre o assunto.

E essas especulações levam a diversos motivos para o fim da pioneira. Mas o principal e mais provável é que realmente ocorreu um golpe afinal uma enorme cadeia de emissoras, com o porte que a TV Tupi possuía na época realmente era vista como ameaça á ditadura, e o governo teria montado esse esquema para destruir esse monopólio midiático. Que com o seu poder de alcance poderia atrapalhar as articulações do governo militar.

Há também quem diga que a Rede Globo e o governo se uniram para derrubar os Diários Associados retirando a TV Tupi das grandes capitais brasileiras, pois a presença da emissora nessas capitais atrapalharia alguns planos do governo que sempre foi apoiado pela emissora carioca, afinal diferente da Globo na época a TV Tupi não aceitava algumas ações do governo mesmo ás acatando. Mas nada pode ser comprovado pois aconteceu em pleno regime militar e é mantido em sigilo.



Em qual lado dessa história você acredita? Comente abaixo!


Nenhum comentário:

Envie um comentário com a sua opinião, sugestão ou correção. O infoTV.RJ não aceita comentários:

1. Com ofensas e/ou com palavrões;
2. Com assuntos não relacionados ao tema do post;
3. Com propagandas ( spam );
4. Com ofensas a pessoas;
5. Para sua segurança, não coloque dados pessoais no
comentário.

Obrigado, Lorran Matheu.

Tecnologia do Blogger.