TV Gazeta restabelece laços com a IURD, e extingue núcleo de jornalismo.

Faixada da emissora localizada na icônica Avenida Paulista. (Foto: TV Gazeta/Divulgação)

Nesta segunda-feira (05) a coluna de Flávio Ricco para o portal UOL foi responsável por divulgar as péssimas novidades ocorridas nos bastidores da TV Gazeta. Segundo o colunista, após o restabelecimento das negociações da emissora com a Igreja Universal (IURD), cerca de 80 jornalistas foram dispensados de surpresa. Dentre os dispensados estão o diretor Dacio Nitrini, o editor-chefe Sérgio Galvão e até o recém-contratado Joseval peixoto.






Todos os demais integrantes do núcleo também forem dispensados, incluindo os comentaristas dos telejornais e até mesmo os apresentadores Stella Gontijo e Rodolpho Gamberine, que recebeu a infeliz notícia em Paris, onde passa férias. Ocorreram cortes também nos núcleos de esporte e entretenimento. Com as demissões o núcleo de jornalismo é dado como encerrado, e a emissora manterá apenas 14 pessoas em sua redação para não descumprir a lei. Os boletins jornalísticos e o “Jornal da Gazeta Edição das Dez” foram encerrados.

Os cortes vêm com o objetivo de aliviar um pouco as contas da emissora que vem passando por uma crise que se agravou ainda mais durante o mês de outubro, em que não transmitiu a programação da IURD devido o encerramento do contrato. Mas no último dia 1° de novembro a transmissão dos “telecultos” foram retomadas ocupando os mesmos horários, 6h às 8h da manhã, 8h às 10h da noite. Como é de praxe ainda não se sabe a quantia paga pela Universal neste novo contrato.

Após ser informado sobre a sua demissão o diretor Dacio Nitrini se despediu através de um texto publicado em uma rede social. Confira:

"Encerro hoje minha atuação profissional na TV Gazeta-SP. Saio da direção do jornalismo com cerca de 25 profissionais demitidos da Fundação Casper Libero por alegadas razões econômicas. Foram quase nove anos de trabalho com uma equipe sempre entusiasmada pelo jornalismo de qualidade da qual tenho orgulho de ter feito parte” – declarou Dacio.

Através de uma nota oficial a Fundação Casper Líbero proprietária da  TV Gazeta culpou a crise econômica pelas decisões tomadas. Confira o texto na integra:

“A Fundação Cásper Líbero comunica que está promovendo uma reestruturação interna com o objetivo de equalizar suas despesas à realidade das receitas do momento e, com isso, preservar seu equilíbrio financeiro e manter os resultados econômicos administráveis. Esta reestruturação tem foco prioritário na TV Gazeta, devido a situação macroeconômica cujos efeitos têm atingido continuamente o setor de comunicações, com uma forte retração no mercado publicitário.

O impacto desta decisão na TV Gazeta inclui a redução substancial da Central de Jornalismo, área que demanda subsídio majoritário da Fundação Cásper Líbero, incompatível com as possibilidades do momento, além de outas reduções em pessoal, colaboradores e contratos de terceiros. Na programação, serão cancelados os boletins jornalísticos exibidos durante os programas femininos e o Jornal da Gazeta Edição das Dez.

A TV Gazeta informa que seus planos são incrementar a produção de jornalismo o mais breve possível, tão logo a situação econômica permita, com o devido apoio do mercado publicitário”.





Com informações de: TudoRadio.com



Nenhum comentário:

Envie um comentário com a sua opinião, sugestão ou correção. O infoTV.RJ não aceita comentários:

1. Com ofensas e/ou com palavrões;
2. Com assuntos não relacionados ao tema do post;
3. Com propagandas ( spam );
4. Com ofensas a pessoas;
5. Para sua segurança, não coloque dados pessoais no
comentário.

Obrigado, Lorran Matheu.

Tecnologia do Blogger.